Dois shows na mesma noite: Tássia Reis e Baco Exu do Blues, sábado, 18 de agosto, Casa Natura Musical

No sábado, 18 de agosto, às 22h, a Casa Natura Musical celebra mais uma edição do projeto Frequências,com dois shows diferentes na mesma noite e apenas um ingresso: Tássia Reis e Baco Exu do Blues. O projeto Frequências promove o encontro de artistas que admiram o trabalho um do outro, mas transitam em outras searas musicais, muitos deles jovens artistas que tenham algum tipo de interlocução entre si, mesmo atuando em cenas diferentes. As primeiras edições do projeto reuniram o vocalista da banda BaianaSystem Russo Passapusso e o rapper paulista Rico Dalasam e o cantor paraense Jaloo e a banda Aeromoças e Tenistas Russas.

Durante todo o mês de agosto, na Casa Natura Musical, muitos shows chamam atenção para importantes questões que tomaram as ruas, a exemplo da defesa pela igualdade racial e de gênero, com artistas como Mariene de Castro (sexta, 17), Tássia Reis e Baco Exu do Blues (sábado, 18), Luedji Luna (sábado,25) e Letrux (quinta, 30).

Tássia Reis

tssia-reis_43404457772_o

Nascida em Jacareí, interior de São Paulo, Tássia Reis iniciou sua vida artística, ainda adolescente, apresentando-se em um grupo de danças urbanas. Em 2009, compreendendo que o seu caminho estava diretamente ligado à música, começou a compor e, três anos depois, subir aos palcos. Nessa época, realizou parcerias com Rashid, AXL, Mental Abstrato e Marcelo D2. Aos 20 anos, mudou-se para a capital e colocou em estúdio a canção Meu Rapjazz. Lançada na internet, com aceitação imediata, a música ganhou um videoclipe próprio, concentrando um alto número de visualizações. Este show na Casa Natura Musical será em celebração ao aniversário de cinco anos deste seu primeiro grande sucesso.

Tássia apresenta o show Outra Esfera, nome do seu segundo e mais recente disco, que marcou presença nas listas de Melhores de 2016, em veículos como Rolling Stone, Billboard, UOL e portal RedBull. Com letras fortes e beats pesados, Tássia dá voz a questões, constantemente, silenciadas. Isso fica evidente em músicas como Ouça-Me, Afrontamento e Da Lama. Também há espaço para assuntos do coração, dentro da narrativa poética, com a sensual Perigo, a tranquilizadora e aconchegante Se Avexe Não e a libertária Semana Vem, que fala sobre relacionamentos abusivos e o encontro do amor próprio. Tássia apresenta-se na Casa Natura Musical acompanhada por DJ 3D, Lívia Mafrika (apoio vocal), Jhow Produz (bateria), Weslei Rodrigo (baixo), Sintia Piccin (sax e flauta) e Kiko Sousa (teclados).
Ao lado de Liniker e As Bahias e A Cozinha Mineira, Tássia formou o projeto Salada das Frutas, com o qual saíram em uma breve turnê pelo Brasil. Além de sua carreira solo, Tássia é também integrante do coletivo feminino Rimas & Melodias, formado por sete mulheres do hip hop. Unidas, deram vida ao disco homônimo com realização da Red Bull Station, em setembro de 2017. No início de novembro, foi lançado o clipe de Elza – em homenagem a cantora Elza Soares – no canal do KondZilla, que já conta com mais de 1
milhão de visualizações.

Baco Exu do Blues

baco_42736472114_o

Acompanhado pelo DJ Bebezão e pela segunda voz de Shan Luango, Baco apresenta na
Casa Natura Musical o show do álbum Esú, considerado um dos melhores discos de 2017. O repertório,praticamente todo de sua autoria, inclui pérolas como Tropicália, O Culto, A Pele que Habito, Te Amo Disgraça e Facção Carinhosa.

Salvador, a Acrópole negra, onde o karma de todos os Santos se encontram, o profano e o sagrado se confundem e o amor e a desgraça tem um caso. Nesse cenário entre o Olimpo e os terreiros, ‘Diogo Moncorvo’ renasce em Baco Exu do Blues, carregando consigo uma escrita pesada e polêmica, mas baseada em suas verdades. Utiliza de absurdos e ironias para expressar dilemas pessoais entre questões sociais, fazendo de sua música um manifesto em prol de minorias.

Em 2016, Sulicídio representou para a cena do hip-hop brasileiro a quebra de um padrão arraigado, despontando novas perspectivas para o rap nacional. Com uma poesia que não se enquadra nos moldes convencionais, Baco lançou 999 e Tropicália, abrindo caminho para participações em projetos como Expurgo e Poetas no Topo 2. Um ano após surgir no cenário nacional, surpreendeu a todos com o lançamento do interlúdio En Tu Mira, faixa integrante do seu álbum Esú, onde aborda a doença do século em sua forma mais pura e sincera.

Esú traz a história de um personagem em transição, que passa por diversas provações, da depressão ao gozo. Autoestima, individualidade, onipotência, luxúria, sincretismo e empoderamento negro são temas recorrentes no álbum. “Metade homem, metade Deus e os dois sentem medo de mim”, cita Baco na faixa que leva o título da obra, mostrando o encontro da fragilidade divina e a força humana. Uma viagem
sinestésica, passando pelas ladeiras de Olinda, com o batuque do Maracatu, pelo carnaval de rua com o choro da guitarra baiana, até as nossas matrizes africanas, com cânticos em Iorubá e batuques dos atabaques do candomblé.

Casa Natura Musical

Inaugurada em maio de 2017, a Casa Natura Musical celebra um ano e o fato de ter entrado para o mapa cultural de São Paulo como uma das mais charmosas e aconchegantes casas de shows do País. Com total visibilidade de qualquer ponto da plateia, a Casa oferece uma combinação de conforto e qualidade musical, configurando o palco ideal para abrigar nomes consagrados, novos talentos e projetos desenhados a muitas mãos. O acesso por transporte público é fácil, pois a Casa está localizada na esquina da rua Artur de Azevedo com a rua dos Pinheiros, entre as estações Fradique Coutinho e Faria Lima do metrô, próxima a linhas de ônibus e ciclovias.

O empreendimento soma as credibilidades dos empresários Paulinho Rosa, dono do Canto da Ema, e Edgard Radesca, fundador do Bourbon Street Music Club, à cantora e compositora Vanessa da Mata. Formaram assim a VIVÁ Cultural, empresa proprietária e realizadora do projeto. O patrocínio é da Natura, empresa que há 12 anos destaca-se pela atuação na valorização da produção contemporânea e da identidade musical brasileira por meio do Natura Musical. Uma novidade da casa, inspirada nas lojinhas de museu, é o espaço de experimentação de produtos Natura, com balcões de maquiagem e perfumaria e consultoria especializada.

Tássia Reis e Baco Exu do Blues
Projeto Frequências: dois shows na mesma noite
Quando: sábado, 18 de agosto, às 22h30
Abertura da Casa: 20h
Ingressos: Meia-entrada para todos os setores
Pista: R$ 60 (lote 1) e R$ 80 (lote 2)
Bistrô superior: R$ 120
Camarote: R$ 120
Lotação para este show: 710 lugares
Classificação etária: 12 anos (menor de 12 acompanhado pelos pais ou responsáveis)
Casa Natura Musical
Rua Artur de Azevedo, 2134, Pinheiros, São Paulo
Ingressos sem taxa de conveniência na bilheteria da Casa
Ingressos podem ser pagos com dinheiro, cartões de crédito e débito
Horário da bilheteria: de terça a sábado, das 12h às 20h. Segundas e domingos, quando houver show. Em dias de espetáculo, a
bilheteria fecha mais tarde, até uma hora após o início da apresentação.
Vendas de ingressos: Eventim
SAC Eventim: 4003-6860, das 11h às 17h, de segunda a sexta-feira
Vendas para pessoas com deficiência: 4003-6860
http://www.eventim.com.br
http://www.casanaturamusical.com.br
https://www.facebook.com/CasaNaturaMusical
https://www.instagram.com/casanaturamusical/
http://www.twitter.com/casanaturamus

 

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s